me equilibro entre dias e noites

renato-ao-piano-851

quis hoje o dia amanhecer incerto por causa da minha vontade de falar sobre Renato.

estávamos escutando Legião do lado de fora, como em todas as noites. eu em pé e mainha sentada. tocou ‘a montanha mágica’, a versão do ‘música para acampamentos’ que começa com ‘you’ve lost that lovin’ feelin” e termina com ‘ticket to ride’. e de todas as vezes que aquela música tivesse afetado um pedaço meu qualquer, naquela me destroçou.

eu pensei nele. pensei nele compondo. pensei nele sendo alguém que carregava aquilo, angustiado, durante o tempo suficiente para ser exposto do jeito que foi. também chorei angustiada e quieta dizendo à mainha que ser como ele era triste.

lembrei de quando li ‘o diário do recomeço’. lembrei de percebê-lo sempre só.

a gente nasce para ser assim até morrer? ou é mais uma prova?

nem todas, mas algumas obras são biográficas, né?! então acho que conheço um pouco de Renato todos os dias. e só sinto vontade de abraçá-lo e dizer (a ele e a mim mesma) que de algum jeito é possível ter na vida calma e força.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s